23 de setembro de 2020

CGJ-RS defere propostas de desanexação do Serviço de Registros Públicos de Maximiliano de Almeida e do Serviço de Registros Públicos de Seberi

Na última terça-feira (22.09), a Corregedoria Geral da Justiça do Estado (CGJ-RS) publicou, em Diário Oficial, o deferimento das propostas de desanexação do Serviço de Registros Públicos de Maximiliano de Almeida e do Serviço de Registros Públicos de Seberi. As decisões resultarão no encaminhamento de Projeto de Lei à Assembleia Legislativa do Estado (AL/RS).

Em Maximiliano de Almeida, a mudança irá desanexar o Tabelionato de Protestos de Títulos do Serviço de Registros Públicos e anexar ao Tabelionato de Notas da mesma localidade. Já em Seberi, a desanexação será do Tabelionato de Protestos de Títulos do Serviço de Registros Públicos de Seberi e também terá a simultânea anexação ao Tabelionato de Notas da mesma localidade.

As implementações de desanexação e anexação ocorrerão somente após publicação de Lei pela AL/RS.

Clique aqui e confira a íntegra das decisões.

 

Fonte: Caroline Paiva
Assessoria de Comunicação – Colégio Registral do RS