26 de março de 2008

Nota de Expediente nº 13/08-COMAG

PROC. Nº 012423-0300/06-9 – PORTO ALEGRE. PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO. NOTÁRIO/REGISTRADOR. VANTAGENS. REGIME PREVIDENCIÁRIO. SINDICATO DOS REGISTRADORES PÚBLICOS DO RS (ADV(S) DECIO ANTONIO ERPEN, ROSELI SIEDLESKI), SINDICATO DOS SERVIÇOS NOTARIAIS DO RS (ADV(S) DECIO ANTONIO ERPEN, ROSELI SIEDLESKI), INTERESSADOS. DECISÃO: “NÃO CONHECERAM DO PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO. UNÂNIME.”

PELA PRESENTE, FICAM INTIMADAS AS PARTES PARA OS EFEITOS LEGAIS. PEDIDOS DE RECONSIDERAÇÃO OU RECURSOS, QUANDO CABÍVEIS, DEVERÃO SER ENCAMINHADOS À SECRETARIA DO CONSELHO DA MAGISTRATURA, NA AV. BORGES DE MEDEIROS, Nº 1565, 11º ANDAR, SALA 1126, POA/RS.

SECRETARIA DO CONSELHO DA MAGISTRATURA, 20 DE MARÇO DE 2008.

BELª. ALICE DE AGUIAR DIEHL
SECRETÁRIA

PUBLICADO NO DIÁRIO DA JUSTIÇA DO DIA 26 DE MARÇO DE 2008, QUARTA-FEIRA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *